Notícias

Relator da reforma trabalhista suspende calendário após “crise institucional”

Data: 19/05/2017


O relator da reforma trabalhista nas comissões de Assuntos Econômicos (CAE) e Assuntos Sociais (CAS) do Senado, Ricardo Ferraço (PSDB-ES), divulgou nota nesta quinta-feira (18) em que afirma que o calendário de análise da proposta está suspenso em razão da "crise institucional" que se instalou após a revelação de que o presidente Michel Temer foi gravado dando aval para a compra de silêncio ao ex-deputado Eduardo Cunha.


Parlamentares da oposição já falam em paralisar a análise da medida, assim como, a votação da reforma previdenciária, que está em análise na Câmara.


Na nota, o Senador disse que a crise institucional é "devastadora" e que os parlamentares devem priorizar a solução do problema antes de dar continuidade à análise da reforma trabalhista.


"Na condição de relator do projeto, anuncio que o calendário de discussões anunciado está suspenso. Não há como desconhecer um tema complexo como o trazido pela crise institucional. Todo o resto agora é secundário”, afirma o senador em nota.


Fonte: Senado Federal

Áreas de Atuação

Direito do Trabalho